Revisão

Marianne Rocha Nutricionista

Coco é Remoso? Veja e Entenda!

O coco é altamente nutritivo e versátil, sendo utilizado não apenas na culinária, mas também em diversos produtos, inclusive de beleza. Mas uma dúvida comum, é se coco é remoso.

No entanto, antes de entrarmos nessa questão, é importante conhecermos melhor o conceito dos alimentos denominados assim.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O conceito sobre os remosos

O termo remoso está associado a alimentos que podem provocar reações adversas no consumidor, como coceira ou inflamação na pele.

Segundo uma pesquisa feita na Universidade Federal de Goiás. A reima “trata-se de uma característica do alimento que torna “ofensivo” para certos estados do organismo.

Entretanto, remoso não é uma classificação cientifica, e sim um termo que vem da sabedoria popular, passada pelos antigos por gerações.

De fato, sobram dúvidas sobre o tema, que vai bem além de um simples tabu alimentar.

Afinal, coco é remoso ou não?

O que a cultura popular denomina como remoso, a ciência por vezes entende como alimentos alergênicos, os quais possuem proteínas específicas que ativam uma reação imunológica.

Além disso, existem casos de intolerância alimentar, quando o organismo não contém enzimas para absorver os açúcares de certos alimentos.

Contudo, em ambos os casos, o alimento não está vetado para todos, mas restrito a um público específico.

Dessa forma, para pessoas que não sofrem de alergia ou intolerância alimentar, o coco de modo geral, não será um alimento remoso, causador de reações como irritação na pele, coceiras ou inflamação.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Todavia, em casos de reações adversas após a ingestão ou contato com qualquer alimento, é recomendado procurar imediatamente ajuda médica.

O coco em geral, em sua forma natural, é uma fruta rica em nutrientes e pode trazer vários benefícios aos seus consumidores, inclusive, saiba que o alimento tem ação antiviral, antibacteriana e até antifúngica.

Isso porque na polpa da fruta, existem substâncias como ácido láurico, cáprico e caprílico, agentes que combatem infecções.

Contudo, em certas condições de saúde, o alimento pode ser restrito em algumas dietas. Isso devido ao fato do alimento ser rico em gordura saturada, confira isso logo abaixo.

O coco contém gordura saturada

De acordo com o Dr Walter C. Willett, do Departamento de Nutrição da Escola de Saúde Pública de Harvard, o óleo de coco tem cerca de 90% de gordura saturada, maior que a manteiga explica ele.

Embora o consumo exagerado da gordura saturada esteja relacionado a problemas cardíacos, o Dr Willett, explica que especialmente devido ao ácido láurico no óleo de coco, também aumenta o colesterol HDL, chamado colesterol bom.

No entanto, Willett não vê problemas no consumo deste alimento desde que seja feito de maneira ocasional e em porções moderadas.

Veja também!

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Conclusão

O que podemos concluir sobre se coco é remoso ou não, é que a fruta não é prejudicial em sua forma natural para a população em geral.

Contudo, não é sugerido o consumo do alimento ou seus derivados para pessoas alérgicas ou sensíveis.

Atenção, ao introduzir ou retirar qualquer alimento de sua dieta, antes sempre converse com seu médico ou nutricionista.

Esperamos que tenham gostado da nossa matéria, compartilhe em suas redes sociais, nós vamos ficando por aqui e até a próxima.

Referências de pesquisa: