Comer camarão menstruada faz mal? Pois é, essa é a dúvida de muita gente.

Seja em casa ou no restaurante, difícil mesmo é resistir a um bom camarão.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

No entanto, há várias histórias sobre alimentos proibidos quando a mulher está menstruada.

A lista de proibições vai desde alimentos até andar descalça ou lavar a cabeça.

No entanto, hoje decidimos abordar o assunto e mostrar que há de mito e verdade.

Se ficou curiosa te convido a ficar conosco até o final deste artigo, então se acomode aí e vamos à matéria.

Pode comer camarão menstruada?

A resposta é sim, o camarão é permitido durante o período menstrual, já que não existem evidências científicas para tirar o crustáceo do cardápio.

A ideia de que certos alimentos são proibidos durante a menstruação, não possui respaldo na ciência.

Em geral, são crenças que existem por razões culturais e sobrevivem até nos dias de hoje.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

No caso do camarão, o risco não está associado ao período menstrual, mas sim a condição de saúde do consumidor.

Por exemplo, para pessoas alérgicas ou intolerantes ao camarão, o crustáceo deve ficar de fora do cardápio.

Vale ressaltar, que peixes e frutos-do-mar contêm potencial risco alergênico. Isso significa ser mais comum ter alergia a alimentos do gênero.

A alergia ao camarão é uma reação do sistema imunológico a certa substância no crustáceo, o que gera sintomas como;

  • Vômitos
  • Urticária
  • Falta de ar
  • Cólicas
  • Inchaço
  • Tontura
  • Tosse
  • Coceira

Contudo, essas reações só ocorrem em pessoas com predisposição genética.

Se o camarão faz parte da sua dieta e nunca provocou nenhuma das reações adversas acima, este não é o seu caso.

Entretanto, caso apresente alguma reação ao consumir frutos-do-mar é necessário procurar auxílio médico.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Benefícios do camarão durante a menstruação

Apesar da fama de vilão, o camarão contém nutrientes que são benéficos quando a mulher está menstruada.

A nutricionista Brianna Elliott, explica que o camarão é baixo em calorias e não tem carboidratos.

De acordo com o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos, em 100 g de camarão há 99 calorias, enquanto a sardinha tem 208 kcal.

Além disso, é fonte de ferro-heme que é essencial para a saúde da mulher, e possui melhor absorção, já que há uma perda do mineral durante a menstruação.

O camarão também contém ômega-3 e magnésio. Estudos apontam que o ômega-3 melhora o humor e combate a inflamação. Sendo importante sua ingestão durante o período menstrual e pré-menstrual. 

Já o magnésio alivia cólicas e reduz a retenção de líquidos, que é comum nessa fase feminina.

O camarão ainda é fonte de nutrientes essenciais para o corpo, confira a relação abaixo:

  • Vitamina B12
  • Proteínas
  • Cálcio
  • Potássio
  • Selênio
  • Zinco e colina

O controle com o sódio no camarão

Antes e durante a menstruação, uma queixa comum entre as mulheres é o inchaço corporal, que dá aquela impressão de ganho de peso.

A retenção de líquidos durante a menstruação é devido ao aumento do hormônio progesterona.

A progesterona ativa um outro hormônio de nome aldosterona, que faz com que os rins retenham água e sal.

Este processo provoca inchaço em áreas como rosto, seios, braços e abdômen. Consumir alimentos ricos em sódio pode piorar esse quadro.

Portanto, o Colégio Americano de Obstetras e Ginecologistas, recomenda reduzir na dieta alimentos ricos em sal, gordura e açúcar.

O camarão é naturalmente rico em sódio, mas a versão embalada ou empanada do crustáceo contém teores ainda maiores.

Portanto, é necessário estar atento as quantidades de sódio nos alimentos e buscar por opções mais saudáveis.

Segundo a Tabela Brasileira de Composição de Alimentos, em 100g de camarão cozido há 367 mg de sódio.

Já a mesma porção de frango apresenta um teor muito menor, 51 mg da substância. Contudo, não é preciso excluir o camarão do cardápio, mas consumi-lo sem exageros.

O mesmo cuidado com o sódio se aplica a pessoas com doenças cardiovasculares como a pressão alta ou doenças renais.

Afinal, camarão frito ou cozido?

O camarão preparado frito, não é a forma mais saudável de ingerir este alimento. O ideal é grelhar ou mesmo consumi-lo cozido. 

Segundo especialistas, as frituras por serem ricas em gorduras, podem influenciar no balanço hormonal do corpo feminino, elevando o estrogênio no corpo.

O desequilíbrio hormonal nas mulheres está relacionado a sintomas como:

  • Inchaço.
  • Sensibilidade mamária.
  • Ganho de peso.
  • Insônia.
  • Irritabilidade entre outros.

Portanto, além de fugir das frituras é preciso estar em dia com os exames para verificar as taxas hormonais e assim manter uma boa saúde.

De olho na procedência

Outra questão sobre os perigos do camarão são as possíveis contaminações, aliás, isso comum em frutos-do-mar.

Algumas espécies podem estar contaminadas por microrganismos ou elevados índices de substâncias tóxicas.

Por isso, para fugir desses problemas, busque frutos-do-mar de boa procedência e evite os de origem duvidosa.

Se for compra-los frescos, observe se a cauda e a cabeça estão presas ao corpo, pois quando não estão, indica que o fruto-do-mar está velho.

Também verifique se a casca está firme e brilhante, sem manchas amarelas ou escuras, O camarão também deve ter o cheiro suave do mar.

Caso for comprar o camarão congelado, observe sua embalagem, o fabricante e a data de processamento. 

Considerações finais.

Hoje explicamos se faz mal comer camarão menstruada e vimos que vários fatores devem ser considerados antes de excluir o alimento da dieta.

Com ajuda de um médico e nutricionista é possível criar um plano alimentar adequado a suas necessidades e condição de saúde.

Por isso, é importante consultar o profissional antes de fazer qualquer alteração em sua dieta. Esperamos que tenham gostado da matéria e até a próxima.