Farinha Láctea Engorda? | Mecontaaqui.com.br

Quando o assunto é dieta, muitas pessoas se perguntam se a farinha láctea engorda. Esse alimento que a grande maioria comeu durante a infância geralmente se mantém no cardápio de muitos adultos.

E ela não está presente na vida de muitas crianças à toa. Seu valor nutricional é alto, tendo como destaques as vitaminas C, E D, bem como as do complexo B. Ela também possui cálcio, fósforo e ferro, todos elementos indispensáveis para manter a nutrição.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Mas, assim como outras farinhas processadas ela não é livre de gorduras e açúcares. Além disso, ela também tem alguns elementos que não são tão recomendados para quem deseja emagrecer.

Por isso, para respondermos se a farinha láctea pode ou não favorecer no ganho de peso, antes é necessário analisar mais à fundo esse produto. Confira!!!

Tabela nutricional da farinha láctea

Analisando a tabela nutricional do produto, é possível dizer que  tem um grande valor energético. Não é à toa que a farinha é tão indicada para crianças de diferentes idades.

Para se ter uma ideia, uma porção de 30 gramas do alimento tem 120 calorias e 21 gramas de carboidratos. Ou seja, pode ser uma boa opção para quem deseja ter mais energia, principalmente para prática de exercícios físicos.

Além disso, ela tem todos os nutrientes citados anteriormente, o que torna uma opção indicada para quem deseja repor as necessidades nutricionais do corpo.

Agora vamos para a parte negativa. Por ser um produto processado e com adição de vários tipos de substâncias, a farinha láctea tem altas taxas de gordura e açúcar, além de possuir, também glúten.

De modo que, em conjunto esses elementos podem sim engordar quando a ingestão não é moderada.  O glúten, por exemplo, por ter um alto valor energético acaba aumentando a quantidade de gordura que é estocada nos tecidos adiposos.

E no caso de pessoas celíacas, ele ainda pode gerar uma série de efeitos colaterais e até reações alérgicas.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

É preciso levar em conta, ainda, que a farinha láctea é uma fonte rica de carboidratos, mas que possui baixo teor de fibras. Isso é negativo em dois aspectos.

O primeiro é que com poucas fibras o seu corpo acaba absorvendo os açúcares de forma mais rápida, o que facilita o ganho de peso. E em segundo lugar, é que esse alimento não consegue manter a saciedade por muito tempo, pois são justamente as fibras que cumprem esse papel.

Mas então, a farinha láctea engorda?

Levando em conta todos os aspectos anteriores, podemos afirmar que a farinha láctea engorda apenas se consumida em excesso e aliado à hábitos alimentares incorretos e com pouca atividade física.

De tal forma que pessoas que estão em dietas para manutenção ou a perda de peso, é sugerido que a farinha láctea seja ingerida de maneira controlada e ocasional.

Ao mesmo tempo, no caso de pessoas celíacas ou que estão em uma dieta com restrição de carboidratos e glúten, ela também pode não ser a melhor opção.

Em contraste, para quem está com foco em uma dieta rica em calorias e está realizando treinos de alta e média intensidade, ela pode ser uma boa escolha.

Sobretudo, o principal é que você precisa ter em mente é que o ganho de peso não está atrelado exclusivamente apenas ao que você come.

De fato, a alimentação tem sim um grande impacto no peso, mas quando não existe outros hábitos saudáveis, como praticar atividades físicas e uma dieta balanceada e controlada, o ganho de peso também pode ocorrer. Veja também! Leite ninho é rico em calorias?

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Combinações saudáveis para quem deseja incluir a farinha na alimentação

Pois bem, é possível comer farinha láctea de maneira saudável? A resposta é sim, o ideal é em pratos que não tenham ainda mais adição de açúcar, e incluir alimentos saudáveis como por exemplo, a chia, aveia e frutas ricas em fibras.

Se você é do tipo que gosta de farinha na vitamina, uma boa alternativa é substituir o leite integral pelo desnatado. Além disso, nada de acrescentar coisas como leite condensado na bebida. Quando você faz isso, facilmente um copo de vitamina pode passar de 120 calorias para 300.

Além disso, combinar esse alimento com bananas é uma excelente alternativa. Isso porque as bananas têm mais fibras, o que irá garantir que a refeição te deixe mais saciado. E se for usar esse item em sobremesas, como pudim, prefira adoçar com açúcar mascavo, que é menos processado.

Conclusão

De fato, a farinha láctea não vai atrapalhar a sua dieta, desde que as quantidades sejam moderadas e a prática de atividades físicas sejam incluídas em sua rotina.

Entretanto, também  não deixe de procurar opções mais saudáveis e de acordo com suas necessidades. Existem várias farinhas no mercado, como a integral e a de aveia, mas, o ideal é falar com seu nutricionista sobre a melhor opção de acordo com seu peso, níveis de atividades físicas e condição de saúde.