Fígado de Galinha Engorda? | Confira bem Aqui!|

Hoje vamos falar de um alimento nutritivo, saboroso e até econômico. Com ele existem receitas das mais simples até as mais sofisticadas.

No entanto, e quando o assunto é o ganho de peso? Será verdade que fígado de galinha engorda?

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Nutrientes do fígado de galinha

Enquanto cortes como peito, asa e coxa são os prediletos dos consumidores, o fígado de galinha é muitas vezes deixado de lado.

Embora o seu teor em colesterol seja elevado, o fígado fornece vários nutrientes essenciais ao nosso corpo.

Alguns em especial que podemos destacar, são por exemplo, a vitamina A, vitamina  B-12, riboflavina, folato e ferro.

Contudo, uma porção de 100 gramas desse alimento, contém cerca de 3,5 g de gorduras totais e 341 miligramas de colesterol.

De acordo com American Heart Association, adultos saudáveis ​​com colesterol LDL normais, devem consumir menos de 300 miligramas de colesterol por dia.

Sendo que esse controle deve ser maior na dieta daqueles em condições de saúde como: colesterol alto e também problemas cardíacos.

Portanto, o teor elevado em colesterol, torna o fígado de galinha um alimento que deve ser consumido com moderação.

Número de calorias no fígado de galinha

Saiba que as aves e os peixes estão entre as carnes com menor teor em gorduras e calorias.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O frango por sua vez, é fonte de proteína de alta qualidade que contém os oito aminoácidos essenciais para nosso organismo.

Se você está procurando uma fonte de proteína para sua dieta de emagrecimento, esse alimento se mostra uma melhor escolha que as carnes suínas ou bovinas.

De acordo com a TACO, Tabela brasileira de composição de alimentos, 100 g de fígado de galinha contém 106 calorias. 

Segundo a tabela, o valor calórico no fígado é menor que em partes como as coxas da ave, que carregam 161 calorias, ou mesmo as asas que apresentam 219.

Embora vimos que o fígado não é tão rico em calorias, será que é certo pensar que o alimento não favorece no ganho de peso? É o que vamos saber agora.

Afinal, o fígado de galinha engorda?

As condições pela as quais o fígado de galinha engorda, são quando certos cuidados são negligenciados. A começar pelas quantidades e a forma que o alimento é preparado, (cozido ou frito.)

Isso porque é diferente o número de calorias em uma porção de fígado frito se comparado quando o alimento é preparado cozido ou grelhado.

A razão é que a fritura altera o perfil nutricional do alimento, assim aumentando consideravelmente o número de calorias presentes.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Dessa forma, quando o alimento é frito, naturalmente ingerimos mais calorias, e claro, isso não é bom para quem busca manter ou perder peso.

Por essa razão, seja em casa ou no restaurante é indicado dar preferência ao alimento preparado cozido ou grelhado.

De olho nas quantidades de fígado

Uma outra forma que o fígado de galinha engorda, é quando ingerido em grandes porções. Este fator ganha ainda mais força se o consumidor tem uma vida sedentária.

Mesmo que o alimento não seja rico em calorias e preparado da forma correta, ainda poderá sabotar a sua dieta se consumido em excesso.

Isso porque se ingerirmos mais calorias que gastamos, o restante é convertido em gordura e mais tarde guardada no corpo.

Por outro lado, quando o fígado é consumido de forma controlada e junto acompanhamentos nutritivos e baixos em calorias, certamente não afetará o seu peso.

Rico em nutrientes

O fígado de galinha contém uma quantidade significativa de vitamina B 12, que dentre suas diversas funções, ajuda a prevenir problemas como. Anemia e também auxilia no crescimento do cabelo, pele e unhas.

Embora esse alimento não seja uma boa escolha para pessoas com colesterol alto, ele contém vários nutrientes. E de fato é indicado consumi-lo, especialmente se você é deficiente em ferro.

Uma porção de fígado de frango contém mais de 100 por cento do DRI para homens e 72 por cento para mulheres.

Saiba que o ferro é essencial para a formação de hemoglobina que transporta oxigênio por todo o corpo.

Inclusive o alimento também fornece 63% do DRI de fósforo, mais de 50% de cobre, mais de 30% de zinco e mais de 100% de selênio.

VEJA TAMBÉM!

Vale ressaltar, é alto em colesterol!

Embora esse alimento tenha muitas virtudes nutricionais, como já mencionado ele também tem quantidades significativas em colesterol.

Portanto, se você foi diagnosticado com colesterol elevado ou toma medicamentos para controla-lo. Consulte o seu médico antes de incluir esse alimento em sua dieta.

Referência nutricionais: Tabela brasileira de composição de alimentos.