Revisão

Marianne Rocha Nutricionista

Ketchup Engorda? | Veja o número de calorias e muito mais!

Seja em casa, lanchonetes ou restaurantes, já virou hábito adicionar condimentos na degustação de nossas refeições.

O ketchup é um desses, o condimento está entre os mais populares do mundo. Mas o fato é que alguns acreditam que ketchup engorda.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Hoje vamos abordar fatores que podem ou não fazer o molho favorecer no ganho de peso. Além disso, saber quantos calorias o condimento tem e muito mais.

Entenda mais sobre o ketchup

A origem desse molho foi na China, porém, foi nos Estados Unidos que surgiu o produto feito com tomate como conhecemos hoje. Normalmente esse molho é feito com os seguintes ingredientes:

Tomate, pimenta, açúcar, alho, cebola, xarope de milho, acidulante ácido cítrico, aromatizantes, espessantes, goma xantana, sal e vinagre. Obs:(os ingredientes podem mudar de acordo com cada fabricante.)

Ketchup teor de calorias

Certamente é fundamental ter atenção aos rótulos dos alimentos onde a tabela nutricional deve estar afixada. Pois lá podemos observar os ingredientes e valores nutricionais incluindo as calorias por porção do alimento.

Em nossas pesquisas examinamos o número de calorias nas principais marcas de ketchup aqui do Brasil.

Concluímos que essas marcas apresentaram no produto tradicional entre 10 a 18 calorias na porção de 12 gramas, o que corresponde a uma colher de sopa.

Como resultado, o ketchup se mostrou com menor teor calórico por exemplo que a maionese.

A maionese tradicional comercializada aqui no Brasil, possui entre 21 até 80 calorias em apenas uma colher de sopa.

Dessa forma, fica evidente para aqueles que desejam a manutenção ou a perda de peso, também ter controle com a maionese em suas dietas.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Afinal, será que ketchup engorda ou não?

Vamos começar pelo principal, o tamanho das porções é a razão pelo qual o ketchup engorda. Quanto maior for a quantidade de molho adicionado, também será de calorias.

É importante ter em mente que o ketchup não apenas agrega sabor aos alimentos, mas também calorias extras.

Na correria do dia a dia, é comum fazermos nossas refeições de modo rápido, sem que percebamos as quantidades de calorias ingeridas.

De modo geral, o ketchup é combinado com alimentos ricos em calorias, sendo mais utilizado em produtos fastfood e outros não saudáveis.

Só para exemplificar, um kibe de 90 gramas pode carregar 198 kcal. Do mesmo modo, 100 gramas de batatas fritas é possível encontrar em média 252 kcal.

Portanto, ao adicionar uma simples colher de ketchup nesses alimentos, temos entre 10 e 18 calorias a mais na refeição.

Sendo assim, aqui podemos dizer que o ketchup engorda se a ingestão for desequilibrada e em conjunto a alimentos ricos em calorias como batata-frita, hambúrguer, coxinha, demais frituras, entre outros.

Sob o mesmo ponto de vista, outros condimentos como a mostarda e a maionese também merecem a mesma atenção.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

No entanto, vale lembrar que existem versões desses molhos os quais possuem menos calorias que o tradicional. O que inegavelmente ajuda a reduzir bastante as calorias na refeição.

Agora de olho na composição

É comum pensarmos que o ketchup é totalmente nutritivo, afinal, o molho é feito de tomates, considerado um vegetal saudável.

Entretanto, este conceito muda quando checamos os valores nutricionais nos principais molhos no mercado.

Devido ao processamento industrial, poucos nutrientes de qualidade sobram no produto final.

Sem falar que o molho queridinho das lanchonetes é carregado de sódio e açúcar, sim até no ketchup se acha!

Por sinal, o consumo exagerado de sódio pode causar ou piorar condições de saúde como hipertensão e doença renal.

Assim sendo, é recomendado de acordo com a OMS, Organização Mundial da Saúde, não ingerir mais que duas gramas de sódio por dia.

Além do sódio encontrado no ketchup, é possível achar na composição do molho xarope de milho, um concentrado de açúcar com baixo valor em nutrientes.

Embora o açúcar seja fonte de obtenção de energia para o organismo, quando ingerido em excesso é diretamente responsável pelo ganho de peso e até doenças como o diabetes.

De fato, condimentos trazem mais sabor aos nossos alimentos. No entanto, depois de tudo que vimos por aqui, aprender a consumi-los  com moderação,  associado a um estilo de vida com práticas de exercícios físicos, é o mais saudável.

Desta forma, não é necessário exclui-los totalmente da dieta, mas aprender a ingeri-los de forma equilibrada.

Veja também!

Veja ainda: Quando o ganho de peso acontece

Tendo em vista o fato que o ganho de peso está relacionado as quantidades e não em especial a um alimento.

A dieta de quem quer manter ou perder peso deve ser moderada em calorias, esta recomendação ganha força quando o indivíduo tem um estilo de vida sedentário.

O número de calorias ingeridas somadas de todas as refeições, o que inclui, café da manhã, almoço, lanches intermediários e jantar, não devem ser maiores que as eliminadas durante o dia.

Quando existe um acúmulo energético no organismo, de tal maneira que não é gasto por algum meio, pode resultar em aumento de peso.

Por esta mesma razão, pessoas que buscam estar em forma e ter vida mais saudável, precisam afiliar-se a estilo de vida que inclui exercícios físicos e uma dieta equilibrada, controlada e nutritiva.

De fato, alimentos como sanduíches, batatas fritas e pizzas são ainda mais saborosos quando consumidos com molhos e condimentos.

Entretanto, esses alimentos são ricos em calorias e adição de molhos em sua degustação deve ser feita sem excessos.

Somente com boas práticas alimentares e um corpo sempre em movimento a saúde e o bem-estar são conquistados.

Revisão Geral Dra. Marianne Rocha