Paçoca engorda? | Confira os cuidados com o alimento!

A paçoca é um doce típico feito de amendoim e está entre as delícias que encontramos nas festas juninas em todo o país.

No entanto, a fama de alimento calórico faz muita gente pensar que paçoca engorda, mas será que é verdade?

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Antes de respondermos a pergunta, é preciso você conhecer a composição do quitute e saber quantas calorias ele carrega.

Isso porque são as calorias escondidas nos alimentos que podem favorecer no ganho de peso de uma pessoa.

Origem da paçoca.

A paçoca é feita de amendoim torrado e moído, mas também leva farinha, açúcar e sal.

A iguaria é uma invenção da cultura indígena, era comum os índios misturarem qualquer ingrediente com a farinha de mandioca e socar no pilão.

Na verdade, o próprio nome paçoca, vem do tupi-guarani, que significa esmigalhar.

O quitute é fonte de vitaminas, minerais e gorduras monoinsaturadas e poliinsaturadas, ambas consideradas boas para o coração.

1 unidade de paçoquinha possui até 78 calorias, quase o valor calórico de um copo de 200 ml de Coca-Cola.

Paçoca engorda ou não?

A paçoca engorda sim, pois esse docinho possui inúmeros componentes que podem causar acúmulo de gordura no corpo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Contudo, ela não precisa ser banida da dieta, desde que seja consumida com moderação e de maneira esporádica.

A paçoca é rica em calorias, sendo que um alimento com alta densidade calórica poderá engordar com facilidade se você abusar nas quantidades.

Vamos entender mais abaixo sobre os componentes que o doce traz consigo.

Composição da paçoca

Em valores nutricionais, a paçoca é rica em gorduras e 50 % do quitute é composto por carboidratos.

Embora esses nutrientes sejam responsáveis por fornecer energia para o corpo, em excesso, eles podem elevar a glicose no sangue e estimular o acúmulo de gordura corporal.

Algumas marcas de paçoca chegam a possuir até 4,6 gramas de gordura em (1 unidade do alimento.)

Além disso, o doce tem baixo valor em fibras, fazendo da paçoca um alimento que não sacia a fome por muito tempo..

Dito isso, para aqueles que desejam perder peso, o ideal é ter moderação com a paçoca ou qualquer doce do tipo.

Como colocar a paçoca na dieta sem engordar?

Se você consumir apenas uma paçoca por dia e manter uma dieta balanceada, ela não vai comprometer o seu peso.

No entanto, se você exagerar na dose, pode sim acabar engordando por conta do docinho.

Isso porque a paçoca é rica em açúcares, que são fontes de energia rápida para o organismo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Acontece que se você não gastar essa energia através de atividades físicas, ela vai se acumular como gordura no seu corpo.

Mas como dito, você não precisa abrir mão da paçoca na dieta, existem algumas formas de saborear sem engordar.

Veja algumas dicas:

Escolha a versão diet da paçoca, pois não possui açúcar, o que é ótimo para diabéticos e pessoas que estão de regime.

Mas cuidado, esse tipo pode ter mais gorduras do que a versão normal, então não abuse.

Faça a sua própria paçoca em casa. Assim, você pode controlar os ingredientes e usar opções mais saudáveis, como adoçantes naturais (eritritol, xilitol)

Consuma com moderação. Uma unidade por dia está de bom tamanho. Além disso, evite comer à noite, pois é um período onde seu corpo gasta menos calorias.

Combine o doce com alimentos ricos em fibras. Isso vai ajudar a aumentar a saciedade e a diminuir o índice glicêmico do doce.

Por exemplo, você pode comer uma paçoca com uma fruta!

Compense as calorias da paçoca com exercícios físicos. Se você quer comer o docinho sem culpa, faça uma atividade que queime as calorias extras.

Por exemplo, você pode caminhar por 20 minutos, pular corda por 10 minutos ou fazer 15 minutos de bicicleta.

Vale destacar que a paçoca não é um alimento proibido na sua dieta, mas também não é um alimento essencial.

Ela deve ser consumida com equilíbrio e consciência, como parte de uma dieta saudável. Assim, você pode aproveitar esse doce sem prejudicar a saúde.

Conclusão

O doce delicioso e nutritivo, mas deve ser consumido com cautela por quem deseja emagrecer.

O ideal é limitar o consumo a uma ou duas unidades por dia, e preferir as versões caseiras que são mais saudáveis e menos processadas.

Assim, você pode aproveitar os benefícios dessa saborosa iguaria sem comprometer a sua dieta!


Artigos relacionados.