Torresmo engorda? – Análise e calorias!

Ele é crocante, gostoso e conhecido por ser apreciado nos bares acompanhado de uma boa cerveja, o torresmo é um dos petiscos mais famosos do Brasil.

Contudo, para quem está de olho na balança, surge a dúvida, será que torresmo engorda?

O primeiro passo para quem começa uma dieta, na maioria das vezes, é cortar alimentos muito gordurosos e fritos. Batata frita, fast-food, doces, etc.

Isso porque todos esses alimentos são ricos em gordura e, consequentemente, engordam. 

O problema é que alguns se tornam os vilões de uma dieta de forma gratuita, simplesmente pelo achismo e porque as pessoas sequer procuram saber se realmente eles devem estar fora de suas dietas. 

Aqui vai um exemplo: você incluiria carne de porco, mais precisamente, torresmo, na sua dieta? Aposto que não, e não se culpe, porque a maioria não incluiria mesmo.

Mas será que a pele de porco é tão vil como imaginamos? Vamos responder isso logo a seguir. 

Afinal de contas, torresmo engorda ou não? 

A resposta vai depender da quantidade que você consome, pois o torresmo é bastante calórico, e exagerar pode estragar a sua dieta.

Uma porção de 100 gramas de torresmo frito, possui cerca de 696,6 calorias, uma bomba de gordura! Por outro lado, se você não abusar do consumo, ele pode virar mais um alimento benéfico do que um vilão. 

Mesmo com esse número, sabia que você pode incluí-lo na sua dieta?

A pele de porco vem se tornando um “super alimento” entre os adeptos de dietas low carb, e isso se deve a composição do torresmo. 

O alimento não possui carboidratos e nem açúcar, 0 gramas em ambos os casos. E é justamente por isso que ele é liberado para dietas low carb, por exemplo. 

Tabela nutricional do torresmo

Como dito, uma porção de 100 gramas de toucinho para torresmo frito, possui, exatamente, 696.6 calorias. Com relação a gordura, seguem os números:

Gorduraquantidade
Monoinsaturada26,2 g 
Saturada20,0 g
Poliinsaturada14,6 g
Total de gorduras64,3 g

Fonte: TACO – Tabela Brasileira de Composição de Alimentos

Nutrientes do torresmo

Não podemos esquecer também, do nível de colesterol, outro ponto a se ficar atento ao se consumir torresmo. Nessa porção de 100g o número desse elemento é de 89,5 mg.

A pele de porco é uma fonte alta de proteína, cerca de 27,3 gramas nessa mesma quantidade. 

Sendo inclusive, uma ótima fonte de energia pré treino. Mas claro, sempre numa quantidade moderada. 

Outros nutrientes que se destacam no torresmo, são o potássio e o fósforo, minerais essenciais para o corpo.

Em conclusão, dá para dizer que o torresmo engorda sim, se houver exageros. Mas se você consumi-lo com cautela, ele não vai ser prejudicial.

Além da quantidade, procure ficar atento a como você o prepara. A fritura é o que dá aquela textura crocante à carne, mas ao mesmo tempo, agrega muitas calorias.

No entanto, que tal optar por um preparo mais light, talvez utilizar uma fritadeira sem óleo?  

Cuidados com torresmo 

Embora o torresmo não seja fonte de carboidratos, ele deve ser apreciado com cautela por pessoas com diabetes.

Apesar da gordura não elevar tanto a glicemia como o consumo de açúcar, ainda assim, pode ser prejudicial para diabéticos.

Por essa razão, para este público o ideal é optar por cortes magros, como frango ou peixe.

1 – Gordura saturada 

O torresmo é fonte de gorduras monoinsaturadas e poliinsaturadas, ambas são consideradas boas para o coração.

Entretanto, ele também possui gorduras saturadas as quais em excesso na dieta, elevam as taxas de colesterol no sangue e, assim aumentam o risco de um derrame ou ataque cardíaco.

2 – Fonte rica de sódio 

Em 100g de coxa de frango cozida, há apenas 64 mg de sódio, já a mesma porção de torresmo, possui quase o dobro, 124,9 mg da substância.

Fato é que o sódio pode ser um vilão se ingerido em excesso, pois eleva a pressão arterial e provoca a retenção de líquido e inchaço.

Desse modo, exagerar com alimentos ricos em sódio, pode aumentar de forma expressiva o seu peso corporal na balança.

Além disso, este elemento em demasia na dieta, também é prejudicial para pessoas com Doença renal crônica.

Todavia, a ingestão do sódio de forma equilibrada é vital para a manutenção de importantes processos do corpo.

Por fim, o segredo para não engordar e ter uma vida saudável, está na quantidade dos alimentos. Se consumir com moderação, eles se transformam em fortes aliados para a sua saúde e para a perda de peso.

Sair da versão mobile