Limão corta a menstruação? | Mito ou Verdade? | Veja!

limão corta a menstruação

Existe uma crença que limão corta a menstruação devido às propriedades contidas na fruta, mas será que isso é verdade?

Se sabe que ao longo dos séculos certas culturas proibiam as mulheres de ingerir frutas cítricas quando estavam menstruadas. O motivo era que poderiam cortar a menstruação e prejudicar a saúde feminina.

Devido a essas crenças, esses rumores se espalharam pelo mundo todo e até hoje são comuns entre as mulheres.

Afinal, limão corta a menstruação?

A resposta vem da Dra. Karina Yolanda Camacho Méndez, que explicou que não há estudos científicos que comprovem tal efeito.

Segundo a médica, antes se acreditava que frutas ácidas como o limão seria capaz de parar a menstruação, porém isso não é verdade.

A menstruação é um processo natural feminino, caso não haja fecundação, os níveis dos hormônios como a progesterona e estrogênio caem, causando uma descamação da parede interna do útero.

Embora nenhum alimento sozinho seja capaz de parar a menstruação, a boa notícia é que existem métodos para isso.

Lembrando que grande parte dos Ginecologistas não vê prejuízos orgânicos nessa prática.

Métodos para suspender a menstruação

Vale dizer que parar o sangramento não vai causar impacto algum na saúde ou na fertilidade feminina.

Em alguns casos, podem até haver benefícios como dar fim aos sintomas da TPM, além de diminuir as chances de desenvolver anemia e infecções na região pélvica.

O método mais barato disponível é o uso contínuo da pílula anticoncepcional sem interrupções. 

É comum algumas mulheres pensarem ser necessária uma pausa com a pílula a cada três meses, mas não existe esta necessidade.

O uso do DIU

Outra alternativa são os dispositivos intra-uterinos, conhecidos como DIU. Estes dispositivos são feitos de plástico flexível e moldados na forma de T que é inserido no útero.

Este método contraceptivo possui duas versões, sendo o DIU de Cobre e o hormonal, o qual vai liberando doses contínuas de hormônios no útero. 

Estes aparelhos têm efeitos de longa duração podendo permanecer no útero até 5 anos. Contudo, vale lembrar que o DIU só pode ser introduzido ou removido por um ginecologista.

Também existem implantes subcutâneos que podem ser inseridos no antebraço, método que libera quantidades de hormônio durante o período de até três anos.

Entretanto, todos esses procedimentos só podem ser realizados com prescrição e acompanhamento médico especializado.

Além disso, não é indicado o uso de hormônio ou qualquer procedimento para impedir a menstruação no período da adolescência.

Todo medicamento tem efeitos colaterais, incluindo os hormônios, a automedicação traz sérias consequências, portanto, consulte o seu médico.

Veja como amenizar os sintomas da TPM

Hoje vimos que a ciência não confirma que o limão corta a menstruação, mas alguns alimentos podem ajudar em outros aspectos.

Quando você está naqueles dias é comum se sentir irritada, desanimada e se não bastassem, cólicas e dores de cabeça acontecem.

Isso são sintomas naturais e parecem inevitáveis, não é mesmo? No entanto, existem alimentos que fornecem nutrientes essenciais e ajudam a tornar esses dias menos desagradáveis.

Os alimentos ricos em ferro são adequados quando você está menstruando, já que nesse período há uma perda do mineral, alguns deles são;

  • Acelga
  • Carne vermelha
  • Espinafre
  • Feijão
  • Lentilha
  • Castanha de caju
  • Semente de abóbora
  • Fígado de galinha

Já consumir peixes de águas frias e profundas é benéfico, devido a serem fontes de ácidos graxos essenciais como ômega 3. 

Um estudo publicado pela Biblioteca Nacional de Medicina dos Estados Unidos,  apontou que a ingestão dessas gorduras podem amenizar alguns sintomas da TPM.

Segundo a pesquisa, as mulheres que consumiram 2 gramas de ômega 3 por dia, tiveram uma redução nos sintomas da tensão pré-menstrual.

Entre os benefícios foram observados menor sensação de inchaço, depressão, dor de cabeça, irritação, ansiedade e sensibilidade nos seios.

Os pesquisadores sugerem que a ingestão do ômega 3 poderá ser um aliado no combate aos sintomas da TPM.

Você pode ingerir essas gorduras consumindo peixes como, salmão, cavala, sardinha, truta, arenque e atum.

Alimentos que são ricos em magnésio

Além disso, os alimentos ricos em magnésio ajudam a combater a tensão muscular, cólicas, fadiga e a depressão. O nutriente está em maior teor em alimentos como;

  • Nozes e amêndoas
  • abacate
  • Gergelim
  • Sementes de abóbora
  • Semente de linhaça

Mais frutas na dieta!

O desejo por açúcar é comum durante essa fase, por isso, é essencial optar pelas melhores fontes, como as frutas.

Por exemplo, a banana, manga, figo, mamão, jaca e ameixa preta. Além do sabor adocicado, elas possuem fibras e vários nutrientes.

Por outro lado, os alimentos ricos em potássio reduzem o inchaço típico do período menstrual.

Em estudo da University Medical School, Chicago, IL, EUA, mostrou que os alimentos ricos em potássio ajudam a reduzir os níveis de sódio e aumentam a produção de urina.

Os alimentos ricos no mineral são,

  • Banana
  • Abacate
  • Iogurte
  • Damasco
  • Vegetais

Evite alimentos processados

Os alimentos preparados fritos podem influenciar na atividade hormonal no corpo. As alterações hormonais durante o ciclo menstrual estão relacionadas a sintomas como inchaço e sensibilidade mamária.

O site de saúde Medical News Today, recomenda evitar produtos ricos em carboidratos refinados e sal. Pois produzem o aumento dos níveis de sódio e retenção de água.

Portanto, é recomendado evitar o consumo de guloseimas, fast-food, macarrão instantâneo, embutidos entre outros.

Fontes:

  • https://www.1doc3.com/web/ver/466889/el-limon-corta-la-regla
  • Medical News Today
  • https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/23642943/

Artigos Relacionados