Quais os perigos do gergelim? | Veja os cuidados.

O gergelim tem sido usado na medicina popular há milhares de anos devido suas propriedades benéficas para o corpo.

Porém, uma dúvida é se a semente pode trazer danos à saúde. Afinal, quais os perigos do gergelim?

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O nosso site convidou a nutricionista Samara Santos, que explicou quando a ingestão é desaconselhada.

A seguir, a profissional explica sobre características, cuidados e quando é necessário evitar o consumo do gergelim.

Sobre o gergelim.

O gergelim ou sésamo, é uma planta originária do Oriente e possui o nome científico de Sesamum indicum.

A planta possui frutos cujas sementes são pequenas e apresentam coloração amarela, branca, preto, vermelha ou marrom.

Rico em vários nutrientes, o gergelim é fonte de vitaminas, minerais e de compostos antioxidantes naturais, incluindo ação anti-inflamatória.

Além disso, as sementes da planta são fontes de proteína vegetal, fitoestrógenos e fibras alimentares.

O gergelim ainda é fonte de gorduras monoinsaturadas e poliinsaturadas, ambas consideradas boas para o coração.

Quais são os perigos do gergelim?

O gergelim é uma semente rica em calorias e poderá favorecer no ganho de peso se a ingestão não for moderada.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em 100 g do alimento, há 570 calorias, teor calórico maior do que há na linhaça, chia ou quinoa.

De acordo com Samara, a semente pode não ter um efeito tão positivo na dieta de quem precisa emagrecer.

Além disso, pessoas com problemas de prisão de ventre precisam ter alguns cuidados, diz a nutricionista.

“ isso porque o gergelim é rico em fibras e pode causar constipação quando associado a baixa ingestão de água”, explica.

Contudo, para que as fibras no alimento sejam benéficas, é preciso em conjunto beber bastante líquidos.

Outro cuidado com o gergelim, é porque pode causar reações alérgicas em algumas pessoas, tanto em adultos como em crianças

Um estudo publicado na revista científica JAMA Network Open, revelou que 1,5 milhão de crianças e adultos nos EUA são alérgicos a esta semente.

Vale reforçar, que a alergia ao gergelim pode causar sintomas graves como, por exemplo;

  • Falta de ar.
  • Tosse.
  • Vomito.
  • Coceira na pele.
  • Dor abdominal.
  • Urticaria.

Por isso, se após a ingestão ocorrer um ou mais dos sintomas acima descritos, o ideal é buscar ajuda médica.

Porém, se o gergelim faz parte da sua dieta e nunca gerou reações alérgicas, é provável que não seja o caso.

Contudo, somente um médico alergologista pode diagnosticar por meio de exames a fonte exata da alergia alimentar.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Outros perigos do gergelim.

Pessoas com colite ulcerativa precisam evitar a ingestão de sementes como de gergelim, girassol, abóbora ou linhaça.

Isso porque essas sementes são ricas em fibras insolúveis que podem agravar os sintomas da condição, como diarreia, gases e inchaço.

Embora pessoas com colite ulcerativa respondem de forma diferente a dieta, algumas não toleram bem alimentos ricos em fibras.

Desse modo, não apenas as sementes como o gergelim precisam ser evitadas na dieta, mas também outros alimentos, por exemplo;

  • Cereais e massas integrais.
  • Nozes.
  • Leguminosas.
  • Produtos lácteos.
  • Alimentos ricos em açúcar ou gordura.
  • Comidas picantes.
  • Álcool.

Portanto, pessoas com colite ulcerativa precisam buscar orientação médica antes de colocar no cardápio os alimentos citados.

O gergelim é fonte de oxalato de cálcio.

O gergelim possui um composto chamado oxalato de cálcio, o qual se acha em maior concentração nas sementes de cor preta. (1)

O oxalato de cálcio está na casca e endosperma das sementes de gergelim e confere um gosto amargo ao grão.

Já as sementes de cor branca, uma vez feito o descascamento, o oxalato de cálcio é removido e apresenta sabor mais adocicado.

No entanto, para pessoas com pedras nos rins, o ideal é evitar consumir fontes de oxalato de cálcio, como gergelim, beterraba e espinafre.

Por isso, é essencial buscar orientação médica antes de inserir estes alimentos na dieta.

Considerações.

Os perigos do gergelim estão relacionados a condição de saúde do consumidor, devendo ser evitado ou limitado na dieta de alguns.

Apesar disso, o consumo da semente é seguro para a maioria das pessoas e visto como saudável devido suas propriedades nutricionais.

Todavia, é preciso respeitar a individualidade para que a ingestão do alimento seja benéfico ao corpo.

Esperamos que tenham gostado da nossa matéria, aproveite e leia outros artigos em nosso site.


Consultora: nutricionista SAMARA SANTOS CRN 8726.

As fontes para pesquisa incluem:

  • https://www.healthline.com/nutrition/sesame-seeds
  • https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/18789/1/SEM-09.pdf
  • https://fdc.nal.usda.gov/fdc-app.html#/food-details/170150/nutrients
  • https://blogs.webmd.com/from-our-archives/20110201/tell-me-what-to-eat-if-i-get-kidney-stones
  • https://www.healthline.com/health/ulcerative-colitis-foods-avoid#:~:text=Like%20nuts%2C%20seeds%20can%20also,sesame%20seeds