Pizza é remoso? Uma análise baseada na ciência

Hoje vamos abordar um assunto que deixa muita gente insegura. Afinal, pizza é remoso ou não?

Se você está em processo de cicatrização de uma cirurgia ou de uma nova tatuagem, isso é importante para sua recuperação.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A seguir, saiba mais sobre o tema. Então, vamos começar?

A pizza é ou não remosa?

Depende dos ingredientes na pizza e de quantas vezes se come.

A pizza feita com salame, cheddar, mussarela, salsicha, calabresa ou molhos industrializados, é considerada comida que causa inflamação porque tem muita gordura ruim.

Esses ingredientes fazem o “mau” colesterol aumentar no sangue, o que pode causar inflamação e doenças do coração.

Além disso, na massa há carboidratos refinados, podendo predispor à oxidação celular e desencadear inflamação no corpo.

Isso pode favorecer o desenvolvimento de obesidade, resistência à insulina e diabetes, sendo mais prováveis quando esses alimentos são consumidos com frequência e em conjunto com outros fatores de risco.

Estudos mostram que a falta de moderação com embutidos, como os encontrados na pizza, pode levar a um estado de inflamação no nosso corpo. (1)

Isso acontece porque tais alimentos elevam os níveis de substâncias inflamatórias no organismo, apontou uma pesquisa feita pela faculdade de Harvard Medical School,

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Então, preciso parar de comer pizza?

Se ela for feita com ingredientes saudáveis e consumida com moderação pode sim fazer parte da dieta.

Por exemplo, ingredientes como farinha integral, vegetais e carnes magras são opções menos inflamatória para o corpo.

Por fim, o ideal para uma boa cicatrização é evitar bebidas alcoólicas ou açucaradas, pois esses acompanhamentos podem interferir na recuperação.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O mais importante é ter uma alimentação equilibrada e passar longe de alimentos ricos em açúcar, gorduras e sal.

Conclusão

Respondendo à pergunta que dá título ao artigo, sim a pizza pode ser vista como remosa quando consumida em grandes quantidades.

Mas isso não significa que você precisa eliminá-la completamente da sua dieta. Lembre-se: o segredo está no equilíbrio e nos ingredientes usados na receita.

Esperamos que o artigo de hoje tenha esclarecido suas dúvidas! E se tiver mais perguntas, é só deixar nos comentários.