Carne seca é remoso? Quais os cuidados na dieta

Você já deve ter ouvido falar sobre os benefícios da carne seca, mas também deve estar ciente das preocupações acerca da possibilidade dela ser remosa.

Principalmente para quem tem problemas de saúde, o melhor é saber como preparar o alimento corretamente. 

Apesar de existir maneiras de dessalgar a carne, muita gente evita e acaba perdendo os benefícios de consumir este alimento que é tão usado com arroz, macarrão e cebola frita. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Pensando nisso, preparamos este artigo para você saber como preparar o prato brasileiro sem medo de fazer mal à saúde. 

Como surgiu a carne seca?

A carne seca é muito comum na cozinha brasileira. Ela surge de longos processos de cura e secagem de carne bovina, tradicionais na nossa cultura culinária. 

O processo começa com o corte da carne em tiras finas, que depois são marinadas em uma mistura de temperos que dão o sabor e a cor única. Em seguida, ela é exposta ao sol para secar até que fique bem crocante.

Então, carne seca é remoso?

A resposta é sim, pois a carne seca é rica em sal e pode prejudicar a recuperação de pessoas que recentemente fizeram uma cirurgia ou tatuagem.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Embora seja fonte de proteínas, a carne seca contém muito sódio, isso pode promover inchaço, mais um fator que atrapalha a cicatrização.

Semelhantemente, para pessoas em processo de cicatrização, o sugerido é também evitar alimentos ricos em gordura e açúcar.

Portanto, durante a cicatrização da pele, é mais saudável escolher pratos com menor teor de sal, gorduras e açúcares.

Contudo, há maneiras de atenuar o excesso de sal na carne seca, por exemplo, você pode dar um banho na carne antes de prepará-la. 

O alimento deve ser deixado de molho em água para dessalgar. Depois disso, é importante não colocar mais sal.

Assim, a carne ficará tenra e não remosa. Por fim, ela pode ser preparada a gosto: defumada, assada, refogada ou na forma de bolinhos. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Como consumir a carne de forma mais saudável?

O prato é delicioso, mas ainda é cercado de dúvidas e confusões quanto ao melhor modo de preparo.

A iguaria tipicamente brasileira é mais segura quando está bem assada, grelhada ou servida com vegetais.

Sendo assim, vale apena optar por alface, tomate, abobora, bem como couve, almeirão e espinafre.

Para a carne seca ficar mais saudável, o ideal é cortá-la em pedaços e consumir sem muito sal na composição.

Este cuidado precisar ser maior na dieta de pessoas que possuem problemas do coração.

Esperamos que você tenha gostado destas dicas. Agora que você sabe como a carne seca remosa pode ser saudável, prepare para o almoço em família. Bom apetite!