Tilápia é remoso ou não? Leia e entenda.

A tilápia é o peixe de água doce mais famoso do Brasil, tem carne leve, saborosa e muito nutritiva.

Porem, será que a tilápia é remoso após uma cirurgia ou tatuagem? Afinal, ela pode causar inflamação na pele? 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A seguir, vamos trazer a resposta para a dúvida.

Sobre a Tilápia

A tilápia veio da África e se espalhou pelo mundo. Ela vive em rios, lagos e represas. Mas também é criada em tanques com ração.

Este peixe se reproduz fácil e tem carne suave, aproposito, quem resiste um delicioso filé de tilápia?

Tilápia é remoso ou não?

A tilápia é uma opção saudável e segura no após cirurgia, tatuagem e durante a gravidez. Pois não é classificada como remoso.

O peixe tem vitaminas, minerais e gorduras boas que ajudam no processo de cicatrização da pele. Por isso, o consumo ajuda na recuperação de uma cirurgia ou tatuagem.

Segundo o departamento de agricultura dos EUA, os minerais mais encontrados no peixe são, fósforo, cálcio, selênio, magnésio, ferro e potássio.

Esses minerais atuam fortalecendo o sistema imune e também no processo cicatricial do corpo.

Além de tudo, tilápia tem pouca gordura e colesterol. Além disso, ela tem somente 129 calorias em 100 gramas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Acompanhamentos da tilápia.

Muitas pessoas falam que tilápia é remoso, mas isso não tem base na ciência, mas sim em crenças populares.

A tilápia combina muito bem com vegetais que ajudam na cicatrização da pele, vários deles têm nutrientes com ação antioxidante e anti-inflamatória.

Por exemplo, o gengibre possui propriedades que combatem a inflamação, pois ele é rico em gingerol e zingerona, que têm atividade anti-inflamatória.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Além disso, consumir a tilápia com espinafre pode turbinar a sua dieta anti-inflamatória, uma vez que o vegetal é rico em vitamina A e C.

Uma dica é adicionar também couve ao seu prato, isso devido a esse alimento ser um tesouro nutricional.

A couve é rica em bioativos como carotenoides, flavonoides e outros fitonutrientes que ajudam a reduzir a inflamação no corpo.

Sem falar que ela é rica nas vitaminas A, C e K, e ainda possui muitas fibras que ajudam no funcionamento do intestino.

Cuidados com a tilápia.

De fato, a tilápia não é remoso, mas algumas pessoas podem ter alergia ao peixe, causando coceira, urticária, inchaço, inflamação entre outros.

Contudo, nem todos devem se preocupar, pois isso depende de uma predisposição genética.

Se a tilápia faz parte da dieta e nunca causou nenhum sintoma adverso, talvez a alergia não seja o caso.

também há outros cuidados que devemos ter com os pescados, como evitar a contaminação.

O ideal é não consumir peixe cru ou mal passado. Além de sempre guardar o alimento no freezer.

Além disso, manipule o peixe com higiene e nunca descongele ele em temperatura ambiente.

Outra dica, é o modo de preparo, já que o alimento assado ou cozido é menos calórico que o frito em óleo.

A fritura torna a comida rica em calorias, podendo pesar na balança se houver exageros no consumo.


Deixe um comentário