Tilápia é Remoso? | Ela causa inflamação? Confira tudo!!!

A tilápia é o peixe de água doce mais consumido do Brasil, conhecida por ter uma carne leve, saborosa e muito nutritiva.

Contudo, a dúvida mais comum é se a tilápia é remoso ou não. Afinal, ela causa inflamação?

A seguir, vamos trazer várias informações sobre o pescado e quais os impactos dele na dieta, confira!

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Sobre a tilápia

A tilápia é um peixe popular em vários países, originária da África, ela foi introduzida em várias partes do mundo.

O peixe habita em águas de lagoas e represas, mas também é criado em viveiros ou tanques onde recebe uma dieta à base de ração.

O pescado se destaca por ser fácil de criar e pelo sabor suave e levemente adocicado.

A tilápia ainda possui um preço relativamente acessível, o que a torna uma boa escolha para os consumidores.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O nome científico do peixe é Oreochromis niloticus e pertence à família dos Cichlidae.

Em geral, a tilápia se alimenta de insetos, sementes, algas, raízes, frutos e pequenos peixes.

Então, a tilápia é remoso?

A tilápia é uma opção saudável e segura para se consumir após cirurgias, tatuagens e durante a gravidez, pois não é classificada como remoso.

Com um sabor suave, o peixe possui baixo teor de gordura e é rico em proteínas que são importantes para a cicatrização.

Contudo, é possível que algumas pessoas tenham alergia à carne da tilápia e demais peixes.

As alergias podem causar uma variedade de sintomas, como reações na pele, incluindo urticária ou erupção cutânea.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Porém, nem todos precisam se preocupar, pois a condição depende de uma predisposição genética e não acomete a todos.

Cuidados com o peixe.

Além disso, para que o consumo da tilápia seja saudável é essencial que o alimento não esteja contaminado.

A contaminação pode ocorrer se o pescado estiver contaminado com substâncias prejudiciais, como bactérias, vírus ou toxinas.

Sendo assim, para evitar maiores problemas, o ideal é seguir boas práticas de segurança alimentar.

Isso inclui cuidados importantes, confira a seguir;

  • Evite comer o peixe cru ou mal passado.
  • O alimento deve estar armazenado no freezer ou congelador.
  • Manipule sempre com higiene.
  • O pescado deve ser comprado de fontes confiáveis.
  • Evite descongelar o peixe em temperatura ambiente.

Benefícios da tilápia para a pele.

A tilápia é fonte de proteínas que oferecem vários benefícios para a pele, favorecendo a cicatrização e firmeza dos tecidos.

Inclusive, o peixe contém ácidos graxos ômega-3, as quais são gorduras essenciais que combatem a inflamação e melhoram eczema, dermatite e acne.

A tilápia ainda é fonte de vitamina D que ajuda a amenizar rugas e acelerar a renovação da pele.

Outro benefício é seu teor em selênio, o qual é um mineral que atua protegendo a pele dos danos causados pelo sol.

Além de prevenir o aparecimento de manchas na pele, o selênio combate os radicais livres no organismo, protegendo contra doenças.

Por fim, a tilápia é fonte de vitamina B12, fósforo, potássio, niacina e vitamina B6, os quais são nutrientes que não podem faltar no corpo.

Melhores formas de preparo.

Existem diversas formas de preparar a tilápia, dependendo do seu gosto, então, separamos algumas dicas de preparo;

A tilápia grelhada é uma opção saborosa e menos calórica, basta temperá-la com sal, ervas frescas e levar a grelha.

Já o peixe cozido com especiarias e molho, é uma boa alternativa para quem deseja um prato sofisticado e saboroso para o jantar.

O filé de tilápia empanado é o favorito de muita gente, o preparo consiste em temperar o peixe com sal e alho, depois, mergulhá-lo numa mistura de farinha de trigo e ovos batidos.

Em seguida, frite em óleo quente até ficar dourado e crocante, sirva com arroz e salada.

Quem prefere apenas a tilápia frita, basta temperar o peixe com os temperos que mais lhe agradar e fritar em óleo quente até ficar crocante!

Assado: Para assar a tilápia, basta temperá-la com especiarias e colocá-la numa assadeira untada com azeite. Asse no forno pré-aquecido a 180 graus Celsius.

Conclusão.

Neste artigo, vimos que a tilápia não é remoso e ainda possui diversos nutrientes importantes para o nosso corpo.

Contudo, pessoas que possuem alergia ou intolerância alimentar ao peixe devem evitar o pescado na dieta.

Além disso, o ideal é que o peixe seja comprado em estabelecimentos confiáveis e armazenado fechado no freezer ou congelador.

Por fim, converse com seu médico e nutricionista e peça orientação sobre suas necessidades nutricionais individuais.