Grávida pode tomar Gatorade? | Veja e Entenda!

A ingestão de isotônicos e energéticos estão cada vez mais presentes na dieta das gestantes. Em geral, isso gera muitas dúvidas, uma delas é se grávida pode ou não tomar Gatorade.

Entretanto, antes de propriamente entrarmos na questão, é necessário entendermos quão importante é a reposição de líquidos nessa etapa

A importância da Hidratação na gestação

A hidratação é de vital importância no cotidiano de qualquer pessoa, mas se torna especialmente durante a gestação.

Uma hidratação correta beneficiará tanto a mãe quanto o seu bebê. Por isso, é fundamental escolher as bebidas adequadas.

Nessa fase, é importante reduzir o consumo de bebidas ricas em cafeína ou com alto teor calórico.

Durante a gravidez, há um aumento no volume total do corpo e na corrente sanguínea. Esse aumento é em aproximadamente 45%, ou seja, cerca de 1800 ml a mais, quase dois litros.

Esse acréscimo será essencial para o correto funcionamento do fluxo entre o útero e a placenta.

A elevação no volume de líquidos no corpo é natural e benéfica na gestação, porém isso também aumentam as necessidades de ingestão de líquidos pelas gestantes.

E para compensar tal demanda, estima-se que você deva beber de 2,5 a 3 litros de água por dia.

Então, grávida pode tomar Gatorade?

Segundo o ginecologista e obstetra Dr. Nicolás de Guevara, a desidratação na gravidez pode causar dores de cabeça, náuseas e até contrações no terceiro trimestre, o maior risco é reduzir a irrigação do feto.

O ginecologista e obstetra esclarece que a água e as bebidas isotônicas, a exemplo do (Gatorade) previnem a desidratação.

O especialista ainda explica que em algumas situações por exemplo, vômito ou diarreia, há uma grande perda de sais minerais e líquidos.

Portanto, as bebidas enriquecidas com sais minerais como o Gatorade ajudam na reidratação e têm um efeito benéfico e ainda o seu sabor é agradável.

Contudo, a Dra. Rosa María Ortega, professora universitária no Departamento de Nutrição da Faculdade de Farmácia (UCM), explica que é necessário ter alguns cuidados.

Segundo ela, as bebidas esportivas como Gatorade tendem a fornecer maiores quantidades de carboidratos e eletrólitos.

Esta contribuição serve para repor o glicogênio muscular que é gasto com o exercício físico, e eletrólitos que saem com o suor.

A especialista chama atenção, para quem não pratica atividades físicas, mas consome frequentemente isotônicos.

Ela explica que a contribuição extra da bebida, será apenas uma fonte de calorias a mais, e o excesso de eletrólitos pode forçar o rim a trabalhar além do normal.

A Dra. Ortega conclui que na gravidez é importante que você beba líquidos suficientes, alternando água, sucos, leite e esporadicamente alguma bebida isotônica.

Qual bebida é a mais saudável na gravidez?

Por mais simples e acessível que pareça, a água é uma das melhores opções e sua ingestão adequada é essencial para uma gravidez sem riscos.

Mulheres grávidas ou amamentando devem aumentar a ingestão de água ou sucos naturais para atender suas necessidades diárias.

Saiba que adultos perdem entre 1450 a 2800 ml de água por dia, por isso a importância de se hidratar o dia todo.

De fato, a água desempenha várias funções dentro do corpo, já que fornece forma e estrutura às células e regula a temperatura corporal.

Da mesma forma ainda ajuda na digestão, absorção e transporte de nutrientes e leva oxigênio para células.

Além disso, a substância atua como solvente para vitaminas, minerais, glicose e aminoácidos.

A água também fornece uma base para reações químicas e elimina produtos e resíduos, e é um componente importante do muco e outros líquidos do corpo.

As necessidades gerais de líquidos aumentam durante a gravidez para suportar a circulação fetal, líquidos amnióticos e um maior volume sanguíneo.

A recomendação atual para a ingestão de água é beber de 8-10 copos por dia. Certifique-se de que a água consumida seja de alta qualidade e nas condições fervida.

Agora saiba mais sobre o Gatorade

O tema da nossa matéria de hoje foi se grávida pode ou não tomar isotônicos como Gatorade. No entanto, quero te convidar a entender um pouco mais sobre esta bebida.

No ano de 1965 quatro médicos pesquisadores da universidade da Flórida, desenvolveram o Gatorade, a pedido de Ray Graves, treinador do time de futebol americano chamado Florida Gators.

Isso porque Graves estava muito decepcionado com o desempenho físico de seus atletas.

A intenção deste tipo de bebida era hidratar e melhorar o desempenho, pois a Flórida é uma região de clima muito quente e se desidratar por lá é muito comum.

Hoje o isotônico Gatorade é distribuído por mais de 80 países e fabricado nos mais diversos sabores.