Milho Engorda? | Análise e calorias!

Uma dúvida comum daqueles que desejam emagrecer, é se o milho engorda ou não. Afinal, ele está presente em nossas mesas de diferentes formas.

Embora saboroso e nutritivo, muita gente desconhece o número de calorias que o alimento carrega.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No entanto, para isso é preciso considerar a forma que o milho é consumido, se cozido, como farinha ou mesmo enlatado.

Para demonstrar os seus valores nutricionais, decidimos consultar a Tabela de Composição de Alimentos. Confira a relação logo abaixo.

O número de calorias no milho e derivados

Milho verdeEnlatadoFarinhaCuscuz
138 kcal98 kcal350 kcal113 kcal
28,6 g carboidratos17,1 g carboidratos79,1 g carboidratos25,3 g carboidratos
6,6 g proteínas3,2 g proteínas7,2 g proteínas2,2 g proteínas
0,6 g gorduras2,4 g gorduras1,5 g gorduras0,7 g gorduras
3,9 g fibras4,6 g fibras5,5g fibras2,1 g fibras
Fonte :TACO 4 Edição. 100 g do alimento.

Afinal, milho engorda ou não?

Segundo Jessica Rasquim Araújo, nutricionista, algumas receitas têm o milho como base e outras adicionam mais ingredientes, por isso o valor calórico e nutricional pode variar bastante.

A nutricionista explica que o milho verde, a pipoca de panela e o chips integral passam por menos processos e menor adição de ingredientes.

Por isso, mantém preservadas suas propriedades nutricionais como fibras, vitaminas e minerais, podendo ser opções interessantes para compor lanches.

Sobre se milho engorda ou não, Jéssica explica que é a combinação e a quantidade do alimento que compõem as refeições que contribuirá ou não para isso.

Quando ingerimos mais calorias do que gastamos em atividades vitais e exercício físico, o nosso corpo tende a ganhar peso. O ideal é que toda a alimentação seja variada e equilibrada, diz ela.

Desse modo, para o consumo do milho não afetar o peso, basta não exagerar nas quantidades e buscar por versões do alimento com mais fibras que ajudam a dar maior saciedade.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Neste sentido, o melhor para a dieta é o milho in natura ou minimamente processado, por outro lado, deve haver maior moderação com derivados industrializados.

Consumindo o milho de forma saudável!

O milho cozido pode ser incluído como fonte de bons nutrientes nas refeições principais. Já os cereais matinais ou salgadinhos de pacote apresentam alta concentração de açúcares, gorduras e sal.

O que eleva nesses produtos suas calorias e apresenta pouco valor nutricional e baixa sensação de saciedade, e nos leva a querer comer mais e mais. Por isso, o indicado é limitar esses alimentos ao consumo eventual.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A casca do grão (pericarpo) possui fibras insolúveis e é preservada em preparações como a pipoca, o chips e o milho verde cozido.

Já o amido e a proteína (endosperma do grão) fornecem energia e dão origem aos fubás, canjiquinha e farinhas.

O grão também tem a fração do gérmen, que é a parte da qual se extrai o óleo de milho. Por isso, a composição nutricional e valor calórico vai depender do produto final.

Fatos e curiosidades sobre o alimento

O milho é um vegetal rico em amido, originário do México há mais de 9000 anos, que se espalhou por toda América e hoje é um dos grãos mais consumidos ao redor do mundo.

Atualmente os principais produtores do alimento são, os Estados Unidos, seguido da China e do Brasil.

O grão é fonte de carboidratos, fibras, proteínas, gorduras e várias vitaminas e minerais. Além disso, ele faz parte da ração de animais como o gado, frango e suíno.

O milho ainda é utilizado como matéria-prima para uma série de ingredientes adicionados aos alimentos industrializados como molhos, biscoitos, iogurtes aromatizados, margarinas, entre outros.

Receitas com milho

Por fim, deixamos algumas sugestões de receitas mencionadas ao longo do texto. Converse com seu nutricionista para avaliar a inclusão delas no planejamento de sua dieta.

Pipoca de panela sem óleo

O segredo é esquentar bem a panela, 3 a 5 minutos, antes de acrescentar o milho.

Acrescente o milho e abaixe o fogo para temperatura média. Mexa a panela tampada para evitar queimas.

Após estourar, sirva com sal a gosto. Uma dica é usar especiarias como lemon pepper, paprika em pó, orégano ou outra a sua escolha, para saborizar e reduzir a adição de sal

Chips de milho

Debulhar 5 espigas de milho verde. Colocar os grãos em uma vasilha, cobrir com água e deixar na geladeira de um dia para o outro.

No dia seguinte, escorrer a água e secar os grãos. Em uma panela funda, aqueça o óleo de sua preferência e frite os grãos até aparentarem estar dourados e crocantes.

Por fim, retirar com uma escumadeira, enxugar em papel toalha e temperar com especiarias e sal a gosto.

Cuscuz de milho cozido

Em um recipiente, misturar 1 ½ xícara (chá) de farinha de milho flocada com uma pitada de sal.

Umedecer aos poucos a farinha com água. Deixar hidratar por cerca de 10 minutos.

Coloque a mistura em uma cuscuzeira e leve ao fogo. Quando a água da cuscuzeira começar a ferver, pode baixar o fogo.

Deixe cozinhar no vapor por mais 5 minutos.


Artigos Relacionados