Nestogeno 1 prende o intestino? | Veja os cuidados.

Muitos pais possuem dúvidas em relação à dieta do bebê, ainda mais, nos primeiros meses de vida.

Uma dúvida é se Nestogeno 1 prende o intestino. Afinal, o alimento causa constipação?

O leite materno é o ideal devido ser seguro, nutritivo e ter anticorpos que protegem contra várias doenças infantis.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo a Organização Mundial da Saúde, o aleitamento materno é o mais indicado até os 6 meses de vida da criança.

Porém, nem sempre isso é possível, e aí surgem as fórmulas infantis para ajudar na nutrição de bebês.

No mercado, há várias versões e marcas de fórmulas que se assemelham nutricionalmente ao leite materno.

A seguir, falaremos sobre o Nestogeno 1 e a dificuldade para evacuar do bebê.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Nestogeno 1 prende o intestino?

De modo geral, o Nestogeno 1 não prende o intestino dos bebês, pois cada um tem sua própria resposta ao consumo.

Contudo, o padrão de evacuação em algumas crianças pode mudar devido à troca do leite materno pela fórmula.

Porém, essas mudanças na frequência de evacuação são comuns e tendem a retornar aos padrões normais em alguns dias.

Além disso, cada bebê tem sua própria adaptação que varia conforme a versão e a marca da fórmula.

Por isso, o ideal é buscar orientação de um pediatra para acompanhar a introdução do produto na dieta do bebê.

Caso seja necessário, o médico poderá escolher a fórmula melhor aceita e processada pelo organismo do pequeno.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Outro cuidado, é seguir a risca as instruções de preparo do produto. Pois colocar mais pó que o necessário pode alterar o trânsito intestinal da criança.

Já uma porção menor que a indicada vai oferecer ao bebê uma nutrição inadequada.

De fato, as fórmulas podem sim mudar a frequência de evacuação em alguns bebês, mas tudo depende de cada organismo.

Em casos de lactentes susceptíveis a esse quadro, o pediatra deverá ser informado.

Como lidar com a constipação na criança?

Após o nascimento do bebê é normal ele evacuar várias vezes por dia, sobretudo, depois de mamar.

Porém, após o primeiro e o segundo mês, quando o sistema digestivo está mais maduro, pode haver mudança na frequência de evacuação.

Pois é nesse período que inicia o hábito intestinal da criança, o qual muda de pessoa para pessoa.

Nessa etapa, pode haver alteração na frequência de evacuação, podendo ficar até dias sem fazer coco.

No entanto, caso o bebê não apresente sinais de evacuações mais frequentes, o ideal é falar com seu pediatra.

O médico pode ajudá-lo apontar a causa da constipação e sugerir medidas para aliviar os sintomas.

Ele também atua na escolha da fórmula Infantil correta em casos de condições especiais, como alergia ou intolerância à lactose.

Para isso, existem a versão zero lactose e a feita para crianças que possuem alergia à proteína do leite.

Outras opções são as fórmulas antirrefluxo e aquelas com prebióticos, como no caso do Nestogeno 1.

Nestogeno 1 com prebióticos.

O Nestogeno 1 é uma fórmula criada visando nutrir o bebê de 0 a 6 meses. Sendo uma opção ao aleitamento materno.

A fórmula tenta ser parecido ao máximo com o leite materno, sendo fonte de vitaminas, minerais, proteínas e prebióticos.

Os prebióticos são fibras não digeríveis que servem como alimento para as bactérias boas ​​presentes no intestino.

Em suma, eles ajudam na manutenção microbiota do intestino, do sistema imune e do organismo de modo geral.

A ingestão de prebióticos está associado a vários benefícios para a saúde, incluindo:

  • Ajuda na digestão.
  • Melhora o sistema imunológico.
  • Evitam a constipação.
  • Estimula o crescimento de bactérias boas.

A fórmula indicada para seu bebê.

Para escolher a fórmula infantil certa, é essencial considerar a idade do bebê.

Há várias opções disponíveis, cada uma adaptada para atender às necessidades nutricionais específicas da criança em diferentes fases de seu desenvolvimento.

Analisar a indicação da idade é o primeiro passo para garantir que você está fornecendo ao seu bebê o nutrimento adequado.

As fórmulas infantis podem ser classificadas em diferentes tipos, conforme a idade da criança.

Confira alguns exemplos;

  • O tipo 1 é indicado para bebês de 0 a 6 meses.
  • O tipo 2 é destinado a partir dos 6 meses de vida.
  • E algumas marcas oferecem o tipo 3 para crianças maiores de 10 meses.

É essencial seguir as indicações de idade para garantir que o seu bebê está recebendo a nutrição adequada.

Leite é remoso?

Considerações

Hoje falamos se Nestogeno 1 prende ou não intestino. Além disso, vimos vários cuidados sobre o uso de fórmulas infantis.

No entanto, as informações neste artigo não substituem a avaliação ou tratamento de um profissional da saúde.

Portanto, sugerimos que busque orientação médica especializada antes de fazer quaisquer alterações na dieta do seu bebê.

Aproveite e leia também outros textos em nosso blog!

Creditos;

https://www.news-medical.net/

https://www.cdc.gov/